03.08.2018Circo da Cidade retoma atividades do segundo semestre com oficinas e espetáculos circenses

O Circo da Cidade Lona Zé Priguiça, montado no Alto Boqueirão, está com inscrições abertas para oficinas de circo. O projeto “Circando Trajetos”, realizado pela produtora Cena Hum, via edital do Fundo Municipal da Cultura, oferece aulas de formação na arte circense para crianças e jovens de 7 a 17 anos, em um período de um ano. As aulas gratuitas começam a partir do dia 10 de agosto e acontecem em dois turnos manhã (das 9h às 11h) e tarde (das 14h às 16h). A inscrição pode ser feita diretamente no Circo ou pelo telefone (41) 3287-5307.

Por meio de uma metodologia multidisciplinar do ensino das técnicas circenses, o projeto propõe uma formação que vai muito além da execução prática. A ideia é que os alunos possam se desenvolver socialmente e artisticamente, para serem os futuros propagadores e empreendedores das artes do circo.

O curso é estruturado em três módulos: o primeiro de conscientização e experimentação (aéreos, acrobacias, manipulação, palhaço e interpretação), o segundo de desenvolvimento aprofundado das práticas circenses e o terceiro módulo o de prática de montagem. Neste último, os alunos desenvolverão a criação de seus números sob a orientação dos professores, colocando em prática o aprendizado adquirido.

De acordo com George Sada, diretor artístico da Academia Cena Hum, o projeto “Circando Trajetos” busca por meio do desenvolvimento das práticas circenses criar um espaço de desenvolvimento humano e de criação artística. “Tivemos a preocupação em proporcionar, por meio das atividades lúdicas, o desenvolvimento motor e cognitivo do aluno, bem como, o fortalecimento de sua identidade para que assim possam encontrar equilíbrio emocional, afetivo e físico para exercerem sua cidadania”, explica Sada.

O coordenador de linguagens de Circo, Odilon Merlin, diz que a equipe do circo está muito contente com o início do projeto. “Além da importância do trabalho artístico, o papel social desempenhado pelas oficinas agrega grande valor para a comunidade curitibana” destaca.

Edital

Lançado em janeiro de 2018, o edital do Fundo Municipal da Cultura para o Circo da Cidade – Lona Zé Priguiça, teve o investimento de 300 mil reais e abrange a montagem de espetáculos, bem como a oferta de oficinas de circo, explorando os aspectos artísticos e pedagógicos da linguagem circense.

Foram aprovados três projetos no valor de 50 mil reais cada, na modalidade Difusão em Circo, que preveem no total 75 apresentações gratuitas entre setembro de 2018 e junho de 2019. Além destes, também foi aprovado um projeto na Modalidade Formação em Circo no valor de 60 mil reais, destinado a crianças e jovens entre 7 e 17 anos. Serão 450 horas/aula de oficinas circenses gratuitas, contemplando as modalidades: técnicas aéreas; técnicas de acrobacias; técnicas de manipulação; oficina de palhaço e técnicas de representação.

A produtora Cena Hum, foi contemplada pela modalidade de formação, com o projeto “Circando Trajetos”. Para a modalidade de difusão, foram selecionados os projetos: “Circo Espalhafatos – 20 Anos”, apresentado pelo grupo J.B.A-Promoções e Produções Artísticas LTDA; o “Espetáculo Dois ou Um”, realizado pela Ohz Produções Artísticas; e ainda o “Gran Circo Estopin”, da Cia dos Palhaços.

Serviço:
Projeto Circando Trajetos

Inscrições: a partir do dia 30 de julho
Local: Circo da Cidade – Lona Zé Priguiça
Endereço: Rua Benedicto Siqueira Branco, s/nº – Alto Boqueirão
Início das aulas: 10 de agosto – aulas até julho de 2019
Turnos: Manhã (das 9h às 11h) e tarde (das 14h às 16h)
Classificação Indicativa: de 7 a 17 anos
Informações: (41) 3287-5307

Autor: Assessoria de Imprensa

Fonte: Fundação Cultural de Curitiba

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar