13.06.2017 Cinemateca promove sessão de filme para pessoas em situação de rua

A população de rua atendida pela Casa da Acolhida Rebouças teve uma noite de lazer nesta segunda-feira (12), com a exibição do filme “Mazzaropi”, promovida no local pela Cinemateca de Curitiba. A sessão de cinema, com direito a pipoca e guaraná, divertiu a plateia, que acompanhou atenta as tiradas do personagem caipira, imortalizado em mais de 30 filmes nacionais.

A Cinemateca levou os equipamentos de projeção, numa iniciativa que deverá se estender durante os meses de inverno nos dois abrigos montados pela Prefeitura, nos bairros Rebouças e Bairro Novo, e também nos Centros POP de Resgate Social. “A intenção é acolher os moradores de rua com arte e entretenimento, oferecendo a eles um momento de lazer e alegria”, diz a assessora de Projetos Especiais da Fundação Cultural de Curitiba, Janine Malanski, lembrando que a seleção dos títulos segue a proposta da Cinemateca de valorizar o cinema brasileiro.

A promoção das sessões de cinema nos abrigos conta com a parceria da Fundação de Ação Social – FAS, que apoiou a iniciativa da FCC. “Com temperaturas abaixo de 7º essa população corre risco de morte. Estamos tentando ocupá-los para que não fiquem na rua. Quanto mais atividades ofertadas, melhor”, explica a diretora de Atenção à População em Situação de Rua da FAS, Maria Alice Erthal.

O público aplaudiu a sessão e falou sobre a experiência. Letícia Proença da Silva, de 26 anos, conta que nunca foi ao cinema. Ao ver o personagem, lembrou de sua mãe. “Ela falava muito desse filme. É do tempo dela”, conta. David Martins Batista gostou da novidade. “Antes não tinha o que fazer, ia dormir cedo. Não esperava isso hoje”, disse. “Tomara que tenha todo dia. Cada vez com um filme diferente. E com pipoca”, completou Júlio César Nunes da Silva.

A Casa da Acolhida Rebouças foi aberta recentemente pelo prefeito Rafael Greca, especialmente para acolher a população de rua neste inverno. Tem capacidade para atender 80 pessoas (60 homens e 20 mulheres) com camas e cobertores. A unidade foi instalada no Ginásio de Esportes Plínio Tourinho e funciona das 18h às 9h do dia seguinte. No local, as pessoas recebem roupas limpas, tomam banho e fazem refeições.

Autor: Assessoria de Imprensa

Fonte: Fundação Cultural de Curitiba

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar