14.03.2019Abertura de evento do BRICs tem Camerata e Ciranda de Etnias

Para receber as autoridades do BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) reunidas em Curitiba a Prefeitura organizou uma Ciranda das Etnias no Memorial do Largo da Ordem. Cinco grupos se apresentaram durante a abertura oficial do encontro realizado na capital.

Representando a África do Sul, o Coral Vozes de Angola, a Rússia, o grupo Otawa Bassa, a China, a Academia Sinobrasileira de Kung Fu com o Grupo de Dança de Ponta Grossa, a Índia, o grupo folclórico Krishna Natyam, e Brasil, com a escola de samba curitibana Acadêmicos da Realeza.

Após as apresentações, todas as autoridades se reuniram no Salão Paranaguá. Os pronunciamentos foram feitos em meio à execução do repertório interpretado pela Camerata Antiqua de Curitiba. O grupo formado por coro e orquestra de câmara é mantido pela Prefeitura de Curitiba desde 1974.

 

As canções emocionaram o público. Muitos fizeram questão de registrar as canções. A Camerata interpretou Bachiana número 5, entre outras peças.

Após os pronunciamentos, os participantes foram convidados pelo prefeito a conhecer a exposição Curitiba – Tempo e Memória, que será aberta oficialmente ao público dia 29 de março. A exposição interativa reúne fotos, documentos, obras de arte e outros recursos que contam a história de Curitiba e do seu povo, desde a pré-história até a atualidade.

Autor: Assessoria de Imprensa

Fonte: Fundação Cultural de Curitiba

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar