[Paiol Musical] VIOLA, SAMBA E LOOP

O projeto "Viola, Samba & Loop" surge das múltiplas frentes artísticas em que Dani Zan atua. Intérprete, compositora e multi-instrumentista, aos 24 anos já passou por uma intenso trabalho junto a viola-caipira; dentro da MPB, gravou o disco "Donna Duo" com composições inéditas, financiado com a ajuda dos fãs por meio da plataforma Catarse.me e em 2017 lança seu primeiro trabalho solo intitulado "Dinheiro"; suas composições pouco a pouco ganham notoriedade dentro de festivais nacionais, como no Festival de Clipes e Bandas, ou mesmo o internacional Making Waves Music produzido pela Volvo Ocean Race. Identifica-se com essa concepção de intertextualidade, na mistura de gêneros genuinamente brasileiros ao pop, que representa a característica marcante de seu trabalho. Como novo desafio, em 2017 Dani começa a trabalhar com Loop station (equipamento capaz de construir "overdubs" ao vivo, através de beatbox, guitarra, voz e outros recursos) aliando tecnologia à música, e obtendo uma nova gama de possibilidades sonoras. Incrementando esta concepção sonora, "Viola, Samba e Loop" traz como convidado o também looper Thiago Alvarenga (conhecido como Titcho Looper, considerado um dos melhores loopers do mundo pela Roland) para compor um espetáculo inédito e surpreendente, que conta também com a participação de Érica Silva, contrabaixista, que traz frescor e jovialidade ao projeto, somado as percussões de Marcio Rosa, músico que acompanha Dani em toda sua trajetória. O repertório é composto de canções autorais, que vão do ineditismo de "É tudo Tom Jobim", parceria com o bandolinista e violonista Eduardo Ramos, à premiada canção "Amor Gramatical".

Ingresso: 10 | 5

Data(s): 20/07/2018 a 21/07/2018 - 6ª feira e sábado

Horário(s): 20h

Público Dirigido: não

Classificação: livre

Espaço Cultural:

Teatro do Paiol

avise-me na véspera

Compartilhe:

Enviar pelo LinkedIn
imprimir voltar