[Museu da Fotografia] O museu é feminista‘ e outras esperanças sobre o futuro

A exposição “O museu é feminista‘ e outras esperanças sobre o futuro”, não tem o objetivo único de apresentar obras icônicas das Guerrilla Girls, mas também de usar essas obras como ponto de partida para o diálogo, debate e discussão sobre o que podemos fazer para contribuir por um futuro feminista.

O coletivo, que é conhecido mundialmente desde o fim década de 80, expôs pela primeira vez no Brasil, em Curitiba, em 1992. 25 anos depois, as artistas têm uma agenda cheia por aqui: neste ano, além da participação na Trienal de Frestas, em Sorocaba, e da grande exposição no MASP, em São Paulo, também terão seus trabalhos expostos pela primeira vez na Bienal de Curitiba.

A exposição tem curadoria de Carolina Loch, vencedora do Prêmio Jovens Curadores da Bienal de Curitiba 2017, e ficará aberta até o dia 25 de fevereiro de 2018.

 

Ingresso: gratuito

Data(s): 03/10/2017 a 25/02/2018 - 3ª, 4ª, 5ª e 6ª feira, sábado e domingo

Horário(s): 9h às 12h e 14h às 18h (3ª a 6ª feira) e 12h às 18h (sábado e domingo)

Público Dirigido: não

Espaço Cultural:

Museu da Fotografia Cidade de Curitiba

avise-me na véspera

Compartilhe:

imprimir voltar