[Casa Romário Martins] Exposição “A.Weiss, pioneiro da fotografia paranaense”

Composta por 60 imagens históricas realizadas pelo fotógrafo, no período entre 1890 a 1950. O conjunto faz parte de um dos acervos mais ricos da fotografia paranaense, pelo registro de inúmeros aspectos da sociedade da época.

A curadoria é do fotógrafo Orlando Azevedo, que adquiriu o acervo há cerca de 20 anos, quando muitas imagens estavam prestes a se perder. Foram resgatadas quase 3 mil chapas de vidro originais, em diversos formatos, entre retratos em estúdio, residências e localidades rurais.

Pioneiro - Augusto Weiss nasceu na Áustria e chegou ao Brasil em 1890 com seu irmão José Weiss. Aprendeu o ofício com A. Volk, destacado fotógrafo do século XIX na cidade de Curitiba. Inicialmente em sociedade com seu irmão, e depois com seu filho Alberto, montou a Foto Progresso, localizada na Rua São Francisco. Posteriormente, os irmãos tomaram rumos diferentes, seguindo carreiras solo por conta de divergências. Seu filho Alberto prosseguiu com o ofício no Foto Moderno, na Rua Marechal Deodoro, numa casa que existe até os dias de hoje em frente à agência dos Correios.

Vários aspectos tornam relevante o acervo e a exposição, como o registro da colonização de imigrantes italianos, poloneses e ucranianos no Brasil, e a formação de novas vilas e povoações na paisagem de mata de araucárias. Casamentos, ritos e retratos também foram uma constante em sua obra, de extrema qualidade técnica e rigor profissional. Weiss viajava duas vezes ao ano para comprar chapas de vidro e químicos na Alemanha. Naquela época, levava-se quatro dias de carroça até Paranaguá para, então, embarcar em um navio.

 

O projeto da exposição foi realizado por meio do Programa de Apoio e Incentivo à Cultura da Fundação Cultural e Prefeitura Municipal de Curitiba.

 

Ingresso: gratuito

Data(s): 21/09/2017 a 18/02/2018 - 2ª, 3ª, 4ª, 5ª e 6ª feira, sábado e domingo

Horário(s): 9h às 12h e 13h às 18h (SEG ~ SEX) | 9h às 14h (SAB | DOM)

Público Dirigido: não

Classificação: Livre

Espaço Cultural:

Casa Romário Martins

avise-me na véspera

Compartilhe:

imprimir voltar